terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Plano de Ação da Supervisão Pedagógica e Orientação Educacional

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
RUA BUGARIM, 380 JARDIM DAS ROSAS 3533-6368
32400-000 IBIRITÉ – MINAS GERAIS












PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA






















MARCILENE PEREIRA COSTA DOS REIS
BRENO JOSE DE ARAUJO








IBIRITÉ – MINAS GERAIS
2010













































Dedicatória
A Jesus Cristo, Nosso Senhor e a Rosemary Dore Soares,
Professora da Faculdade de Educação - UFMG




ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

Introdução



A atividade do Especialista em Educação Básica tem como foco principal a APRENDIZAGEM DO EDUCANDO visando o seu SUCESSO ESCOLAR. Nessa visão é de fundamental importância que todos os seguimentos da escola estejam envolvidos e comprometidos com o sucesso do educando.

A estratégia adotada para proporcionar a Aprendizagem e o Sucesso do educando é o acompanhamento do processo escolar e o monitoramento das atividades escolares e dos deveres de casa com contato freqüente com as famílias. Garantindo assim certo controle do que é feito, como é feito e o que é preciso mudar numa interação constante das partes envolvidas.

Essa estratégia e respaldada legalmente pelas leis 9.394/96 e 8.069/90 bem como de regulamentações das Secretarias de Estado de Educação de Minas Gerais e Municipal de Ibirité – Minas Gerais.





Reflexão



“Ensino porque fui capaz de aprender, aprendi porque busquei. Educo, porque continuo a cada dia sendo educado. Aprender é investir de desejos num objetivo de estar sempre aprendendo.” Paulo Freire.


















ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

Objetivo Geral







Acompanhar o educando para que alcance o sucesso escolar nas dimensões sócio-afetivas e pedagógicas.









Objetivos Específicos





* Conhecer todos os alunos do turno da manhã.

• Identificar os educandos de baixo rendimento escolar.

• Identificar os educandos infreqüentes.

• Estabelecer contato estreito e freqüente com as famílias.

• Executar o Plano de Intervenção Pedagógica para os alunos de baixo rendimento.











ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA


PROPOSTA PEDAGÓGICA DOS SETE CADERNOS SEPARADOS

META
Possibilitar a aprovação de 100% (cem por cento) dos alunos do Ensino Fundamental do turno da manhã.

OBJETIVO GERAL
Garantir efetivamente a aprendizagem do aluno e, consequentemente, somado a outros fatores promover a sua aprovação ao final do ano.

OBJETIVO ESPÉCÍFICO
Acompanhar e monitorar a realização das atividades em sala e os deveres de casa dos alunos.

PLANO DE AÇÃO
A Escola recomenda que seus alunos utilizem cadernos separados, um para cada disciplina curricular com as seguintes especificações: 96 folhas, 1x1, espiral, capa flexível. Assim distribuídos:
01 caderno para Língua Portuguesa
01 caderno para Matemática
01 caderno para Historia
01 caderno para Geografia
01 caderno para Ciências
01 caderno para Inglês
01 caderno para Ensino Religioso, Educação Física e Educação Artística

JUSTIFICATIVA
 Os cadernos separados são mais baratos que o caderno de dez matéria e o fichário.
 A Orientação Educacional fará periodicamente o acompanhamento e monitoramento desses cadernos com vistos.
 Facilitará a visualização das atividades, cadernos separados permitem ver que passado um mês de aula o aluno não copiou uma linha, por exemplo.
 Os pais podem fazer o acompanhamento, mesmo tendo pouco tempo disponível; com o caderno separado até mesmo uma pessoa com pouca instrução perceberá se há ou não atividades realizadas.
 Observa-se que, geralmente, o aluno indisciplinado e com baixo rendimento escolar utiliza caderno de dez matérias ou fichário.
 Facilita o estudo do aluno, porque ele pode ter a seqüência cronológica do conteúdo estudado em um único caderno. No caderno de dez matérias, cada divisória corresponde a 20 folhas, espaço insuficiente para dois meses de aula com seis aulas por semana; No fichário, há o problema adicional da desorganização do aluno, que perde folhas, rasga ou deixa folhas em casa.
 No trabalho pedagógico, é necessário alguma vezes se estabelecer regras que se apliquem a todos, pois se abrir exceção, dá margem para discussões e o resultado não é satisfatório.
 Nos anos anteriores, a Orientação Educacional propôs o uso dos cadernos separados aos alunos e às famílias, aqueles que adotaram a ideia conseguiram obter resultado satisfatório.















ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA



Documentos e Instrumentos de registros (em anexo)



• Escola: aventura do conhecimento! Texto inaugural onde é trabalhada a conscientização sobre o que a escola espera do aluno e como ele deve proceder para aprender o conteúdo ensinado nas aulas;

• Regimento Interno – 2010. Fragmento do Regimento da escola onde apresenta as normas disciplinares para o aluno;

• Estudar. Texto de reflexão e estudo da orientação educacional para continuidade do trabalho;

• Cartilha de Estudo.

• Ficha de Auto-Avaliação Atitudinal e Procedimental. Onde os alunos fazem uma análise de como estão procedendo em relação aos estudos e comportamento na escola;

• Comunicado aos professores: caderno de ocorrências. A escola tem um caderno de ocorrências por turma onde os professores relatam todas as atitudes inadequadas em que os alunos incorrem;

• Ficha de Acompanhamento Atitudinal e Comportamental. Nela são registradas as ocorrências presentes no Caderno da turma para relatar às famílias;

• Comunicado de atraso à escola. Onde são comunicados os atrasos dos alunos para providencias da família;

• Comunicado de infrequência consecutiva;

• Comunicado de infrequência alternada;











ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

• Comunicado de infrequência alternada justificadas;

• Convocação para comparecimento do responsável (1,2 e 3);

• Comunicado aos pais, todo e qualquer evento, ocorrência e atividades realizadas ou deixada de realizar são comunicados aos pais e/ou responsável através do COMUNICADO AOS PAIS E/OU RESPONSÁVEL.

• Proposta Pedagógica do uso de cadernos separados que percebemos ser eficaz na garantia de aprendizagem dos alunos;

• Termo de Compromisso Escolar para deixar claro o que a escola pretende do aluno e que o aluno precisa fazer, saliente que o Termo retoma tudo o que foi trabalhado desde o início.

• Metodologia de ensino: Para estabelecer uma mesma linguagem entre o que a orientação educacional fala e a escola faz.






























ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA




O que faz o Especialista em Educação Básica na Escola?




Hoje, a atuação do Especialista em Educação Básica está situada no contexto mais crítico, mais reflexivo da própria realidade educacional. Há um grande desafio para o Especialista em Educação Básica, caracterizado por uma mudança radical na proposta de suas funções, que deixa de enfatizar, em primeiro lugar, a ajuda que se deve prestar ao aluno nos seus desajustamentos emocionais, para se fixar numa função mais política, mais social, que se preocupa com a escola como um todo e com o compromisso que o Especialista deve assumir com o momento histórico, com a formação do cidadão mais consciente, crítico e participativo.



Desta forma, atuação do Especialista em Educação Básica tem se voltado para promover a ação-reflexão da prática escolar, integrando as ações educativas de forma a facilitar as relações de aprendizagem, promover a socialização do conhecimento, ampliando as possibilidades do aluno de compreender e agir no mundo como cidadão crítico e participativo, elementos essenciais para a democratização da escola pública.



O Especialista em Educação Básica tenta, de alguma forma, abrir espaço no sentido de garantir o direito à voz do educando, por entender que só ocorre o processo educativo a partir de uma relação na qual o aluno entra, não apenas como objeto, mas também como sujeito do processo ensino-aprendizagem. Enquanto sujeito, ele deve ter o direito de participar ativamente do processo, tornando-se co-produtor da atividade pedagógica, bem como ter seus deveres como força geradora do seu ser como pessoa.















ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

ORIENTAÇÕES SOBRE O TRABALHO PEDAGÓGICO


Dentre outras funções do serviço pedagógico destacam-se as seguintes:

• Fazer a entrada dos alunos e conferir o uniforme.

• Conversar e orientar os alunos sobre as regras da escola e a disciplina.

• Atender os alunos encaminhados pelos professores.

• Dar um retorno aos professores sobre os casos encaminhados.

• Fazer relatórios dos alunos e encaminhá-los ao Conselho Tutelar.

• Informar aos pais e Conselho Tutelar os casos de infrequência e indisciplina de alunos.

• Realizar dinâmicas educativas envolvendo os alunos.

• Orientar a escolha de líderes de turma e instruí-los.

• Fazer relatórios e encaminhar alunos para tratamento psicológico.

• Distribuir o CADERNO DE OCORRÊNCIA e recolhe-lo todos os dias.

• Conferir as anotações no caderno de ocorrências e tomar as providências cabíveis.

• Atender aos pais de alunos e quando necessário chamar os professores e o aluno para conversar.

• Ajudar a olhar o recreio.

• Participar e dirigir Reuniões Pedagógicas e Conselho de Classe.

• Sugerir e orientar projetos. (Sexualidade, Respeito, Cidadania, Ética, etc).

• Alertar alunos e pais sobre notas e freqüência.

• Fazer visitas periódicas às salas para observar a organização e a disciplina.

• Emitir relatórios sobre os alunos.

• Fazer gráficos e análise de notas/rendimento/matérias críticas.

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

• Repassar à direção casos graves de indisciplina e desrespeito de alunos para com os professores ou funcionários da escola.

• Participar da reunião de pais e alunos.

• Auxiliar a construção do PPP - Projeto Político Pedagógico da Escola.

• Orientar e acompanhar Olimpíadas e Avaliações Sistêmicas (SIMAVE, SAEB e PROALFA).






































ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA



CRONOGRAMA ANUAL




JANEIRO
Preparando para o início do ano escolar.
• Reunião com a Equipe Pedagógica e Direção da escola para planejar o início do ano letivo.
Assuntos:
- Relações interpessoais;
- Calendário Escolar e Cronograma de Atividades Mensais;
- Regimento Escolar;
- Distribuição de Turmas aos Professores;
- Estudo do Guia do Professor Alfabetizador e dos Cadernos de Alfabetização da
SEE/MG elaborados pelo CEALE, dos CBC e outros;
- Chegada e acolhida aos Alunos;
- Abertura do Ano Letivo;
- Aula Inaugural;
- Enturmação dos alunos recém-chegados.

Primeiro bimestre: 01 de fevereiro a 29 de abril
FEVEREIRO
Iniciando as atividades escolares
a) Ambiente Escolar
Preparação do ambiente escolar com listagem das turmas, placas indicativas das salas.
b) Encontros Pedagógico-Administrativos - Dias Escolares
Reuniões para apresentação das atividades programadas para o ano.
Temas a serem abordados:
Regimento Escolar Analisar aspectos como: Filosofia a da Escola, Normas
Disciplinares, Atribuições dos Servidores.
Calendário Escolar
Construção coletiva de um cronograma detalhando as atividades sócio-culturais a serem executadas durante o ano. Datas cívicas e os valores culturais da comunidade escolar.
Distribuição de Turmas

Formação Continuada dos Professores
Estudo da Legislação e documentos educacionais bem como reestruturação do PLANO DE CURSO ANUAL


ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

Chegada e Acolhida aos Alunos

c) Atividades Permanentes
Entrada e Saída de Alunos
Cantar o Hino Nacional toda segunda-feira
Recreio
Visita às Salas de Aula
Comunicar 05 faltas consecutivas no mês, no momento em que ocorrer.

d) Datas Cívico-Sociais

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM EM SALA DE AULA (Todo o bimestre)
 Fundamental o uso de cadernos separados por disciplina curricular.
 Manual de Estudo, Escola: Aventura do Conhecimento!
1. Aula inaugural com explicações de como funciona o Manual de Estudo. Colar na primeira folha do caderno de Língua Portuguesa ou de Matemática.
2. Ficha de acompanhamento do bimestre para o aluno.
 Caderno de Ocorrências da sala.
 Caderno de Ocorrências da Supervisão/Orientação Educacional
 Ficha de Acompanhamento Atitudinal e Procedimental.
 Comunicados.
 Convocações.
 Regimento Interno da Escola
 Cartilha de Estudo.
 Vistos nos cadernos.


MARÇO
a) Planejamento Integrado das Ações
• Orientação e coordenação dos processos relativos à elaboração do Planejamento da Escola e a sua dinamização. Temas importantes:
1. Projeto Pedagógico da Escola – PPE
2. Planos de Curso para cada disciplina curricular
3. Planos de Aula de cada professor ou professora












ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA
4. Plano de Acompanhamento dos alunos
 Iniciar o acompanhamento e monitoramento das atividades dos alunos na primeira semana de março.
 Vistar os cadernos de todos os alunos da escola regularmente.
 Orientar aos professores para também darem vistos no caderno.
 Convocar o responsável ao verificar caderno incompleto.
 Realizar plano de ação da família:
1. Uso imprescindível de cadernos separados. Proibido uso de fichários e/ou caderno de dez matérias.
2. O aluno não poderá soltar linhas.
3. O aluno não poderá soltar folhas.
4. O aluno não poderá arrancar folhas do caderno.
5. Deverá colar toda e qualquer atividade recebida pelo professor no caderno. Inclusive as provas (por mais negativa que ela esteja)
6. Um representante da família deverá assinar e datar a última folha que contenha a matéria dada no dia.
7. O aluno deverá datar o dia da aula no caderno.
• Avaliação da Aprendizagem – Avaliação Diagnóstica
• Primeira reunião de pais e/ou responsável
• Escrituração Escolar
1. Diário de classe
2. Caderno de Ocorrências do Especialista
3. Fichas de Acompanhamento e monitoramento das atividades escolares:
Fichas de Leitura.
Fichas de Fatos Fundamentais.
Fichas de Visita às Salas.
Manual de Estudo, escola:aventura do conhecimento!
Ficha de Verificação dos Diários de Classe.
Cartilha de Estudos: Aventura de Aprender
Ficha de Auto-Avaliação Atitudinal e Procedimental
Caderno de Ocorrências da turma
Ficha de Acompanhamento Atitudinal e Procedimental
Termo de Compromisso Escolar
Ficha de Controle de Conduta em Sala de Aula
Comunicado ao Responsável: Atraso à Escola
Comunicado ao Responsável: Diversos assuntos
Comunicado ao Responsável: Infrequencia Escolar
Relação de Alunos infrequentes informados pelo professor(a)
Convocação 01
Convocação 02
Convocação 03
Metodologia de Ensino
Ficha de acompanhamento do bimestre para o aluno.

 Comunicar às famílias números excessivos de faltas no Mês de fevereiro.

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

e) Formação Continuada dos Professores
Estudo, participação em palestras, oficinas, debates, conferências a respeito de assuntos pertinentes à prática pedagógica.
f) Atividades Permanentes
Ver orientações do mês de fevereiro.
Comunicar 05 faltas consecutivas no mês, no momento em que ocorrer.

g) Datas Cívico-Sociais:

ABRIL
 Comunicar às famílias números excessivos de faltas no Mês de março.
 Provas finais
 Recuperações paralelas e recuperação final do bimestre.

29 de abril – final do primeiro bimestre: Acompanhamento e Avaliação dos Resultados

Primeiro bimestre: 01 de fevereiro a 29 de abril

MAIO
Entrega dos diários pelos professores: 02 de maio de 2011
Análise dos diários pelo especialista: de 02 a 06 de maio de 2011.
Reunião de pais para entrega do boletim: A partir de 12 de maio de 2011.
Ficha de acompanhamento do bimestre para o aluno. Na primeira semana de maio para todos os alunos da escola.

a) Avaliação:
Consolidação dos resultados avaliativos – 1º Bimestre
Conselho de Classe - 1º Bimestre
Avaliação de Desempenho:
- Auto-avaliação: alunos, professores, diretores, especialistas e demais
funcionários.
b) Conselho de Classe
c) Avaliação de Desempenho/ Auto-Avaliação
d) Reunião de Pais
e) Formação Continuada dos Professores
Plano de Aula:
Acompanhamento e monitoramento dos planos de aula do professor.

f) Atividades Permanentes
Comunicar 05 faltas consecutivas no mês, no momento em que ocorrer.

- Visita às Salas de Aula.


ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

-Ouvir “leitura”, registrando o desempenho do aluno em material próprio.
-Participação de concursos literários, olimpíada de língua portuguesa...
- Organize a entrada e saída dos turnos.
- Programe as atividades lúdicas para a hora do recreio.
- Manter atualizados a escrituração e o arquivo do Especialista.

g) Datas Cívico-Sociais

 Comunicar às famílias número excessivo de faltas no Mês de abril.

JUNHO
 Comunicar às famílias número excessivo de faltas no Mês de maio.
 Convocar todos os pais e/ou responsável que não compareceram para buscar o boletim escolar.

Segundo Bimestre: 02 de maio a 15 de julho de 2011.
JULHO
Recuperações paralela e final do bimestre se encerram no mês de julho.

Entrega dos diários pelos professores: 15 de julho de 2011
Análise dos diários pelo especialista: de 01 a 05 de agosto de 2011.
Reunião de pais para entrega do boletim: A partir de 11 de agosto de 2011.

15 de julho de 2011 – final do segundo bimestre: Acompanhamento e Avaliação dos Resultados
a) Avaliação:
Consolidação dos resultados avaliativos – 2º Bimestre
Conselho de Classe - 2º Bimestre
Avaliação de Desempenho:
- Auto-avaliação: alunos, professores, diretores, especialistas e demais
funcionários.
b) Conselho de Classe
c) Avaliação de Desempenho/ Auto-Avaliação
d) Reunião de Pais
e) Formação Continuada dos Professores
Plano de Aula:
Acompanhamento e monitoramento dos planos de aula do professor.



ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA


Terceiro Bimestre: 01 de agosto a 30 de setembro de 2011.
AGOSTO
Ficha de acompanhamento do bimestre para o aluno. Na primeira semana de agosto para todos os alunos da escola.

Diários de classe e reuniões de pais.

Recuperações paralela e final do bimestre se encerram no mês de setembro.
Entrega dos diários pelos professores: 03 de outubro de 2011
Análise dos diários pelo especialista: de 03 a 07 de outubro de 2011.
Reunião de pais para entrega do boletim: A partir de 17 de outubro de 2011.

30 de setembro de 2011 – final do terceiro bimestre: Acompanhamento e Avaliação dos Resultados
a) Avaliação:
Consolidação dos resultados avaliativos – 3º Bimestre
Conselho de Classe - 3º Bimestre
Avaliação de Desempenho:
- Auto-avaliação: alunos, professores, diretores, especialistas e demais
funcionários.
b) Conselho de Classe
c) Avaliação de Desempenho/ Auto-Avaliação
d) Reunião de Pais

e) Formação Continuada dos Professores
Plano de Aula:
Acompanhamento e monitoramento dos planos de aula do professor.

SETEMBRO
 Comunicar às famílias número excessivo de faltas no Mês de maio.
 Convocar todos os pais e/ou responsável que não compareceram para buscar o boletim escolar.
4. Plano de Acompanhamento dos alunos: acompanhamento e monitoramento das atividades


ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA


Outubro
Ficha de acompanhamento do bimestre para o aluno. Na primeira semana de outubro para todos os alunos da escola.


Diários de classe, reuniões de pais.

QUARTO BIMESTRE: 03 DE OUTUBRO A 22 DE DEZEMBRO

Recuperações paralela e final do bimestre se encerram no mês de dezembro.

Entrega dos diários pelos professores: 22 de dezembro de 2011
Análise dos diários pelo especialista: A partir de 15 de dezembro de 2011.
Entrega do resultado final: 22 de dezembro de 2011.


NOVEMBRO


CONVOCAR TODOS OS PAIS E/OU RESPONSÁVEL PARA INFORMAR SOBRE O FINAL DO ANO E AS RECUPERAÇÕES.

ENVIAR RELATÓRIO FINAL PARA O CONSELHO TUTELAR SOBRE OS ALUNOS INFREQUENTES, EVADIDOS E PROVÁVEIS RETENÇOES.

DEZEMBRO

22 de dezembro de 2011 – final do quarto bimestre: Acompanhamento e Avaliação dos Resultados
a) Avaliação:
Consolidação dos resultados avaliativos – 4º Bimestre
Conselho de Classe - 4º Bimestre
Avaliação de Desempenho:
- Auto-avaliação: alunos, professores, diretores, especialistas e demais
funcionários.
b) Conselho de Classe
c) Avaliação de Desempenho/ Auto-Avaliação
d) Reunião de Pais



ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA
BIBLIOGRAFIA
 GADOTTI,Moacir ( org.) Perspectiva Atuais da Educação. Porto Alegre: ARTMED,2000.
 GANDIN, Danilo e CRUZ,Carlos H.C. Planejamento na Sala de Aula. 5º ed. Porto Alegre:2000.
 LUCK,Heloisa,Metodologia de Projetos – Uma ferramenta de Planejamento e Gestão. 5º ed. Petrópolis,RJ: Vozes,2003.
 ____. Pedagogia Interdisciplinar: Fundamentos teórico-metodológicos. Petrópolis,RJ: Vozes,1994.
 PERRENOUD,P.10 Novas Competências para ensinar. Porto Alegre: Artes Médicas Sul: 2000
 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS,Sistema de Ação Pedagógica – SIAPE.
 s/d. Fascículo Currículo.
 THURLER,Mônica Gather. Inovar no interior da escola. Porto Alegre: ARTMED,2001.
 TRINDADE,A.L Olhando com o coração e sentindo com o corpo inteiro.In:TRINDADE,A..L( Org)
 ZABALA,Antoni. Enfoque Globalizador e Pensamento Complexo. Porto Alegre: ARTMED,2002
 ____. A.A Prática Educativa: como ensinar. Porto Alegre: ARTMED,1998

 Guia da Educação em Família, 77 ideias para melhorar o desempenho escolar do seu filho. Educar Pra Crescer. Todos pela Educação.Editora Abril. 2010.

 Desempenho dos alunos reflete o apoio da família. Amae Educando. Ano 41. no 354 abril 2008.

 Como ajudar seu filho na escola, dicas para melhorar o desempenho escolar. Editora Melhoramentos. 2006.

 Como Estudar, o clássico manual para estudantes de Morgan e Deese. Biblioteca Pedagógica Freitas Bastos. 1983.

 Dez Fatores para uma educação de qualidade para todos no século XXI, Cecíia Braslavky, Fundacion Santilana. Editora Moderna. Monografia. Madri 2005.


ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA



 Brasil. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. LDB. Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996.

 Parecer 1131/97 Conselho Estadual de Educação. Dispõe sobre a Educação Básica nos termos da Lei 9394/96.

 Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei 8.069/90.

 A Prática do Planejamento Participativo. Danilo Gandim. 10 edição Editora Vozes.1994.

 Planejamento Dialógico, como construir o Projeto Político-Pedagógico da escola. Paulo Roberto Padilha. Editora Cortez. 2008.

 Planejamento sim e não. Francisco Whitaker Ferreira. Paz e Terra.1988.

 Planejamento de ensino e avaliação. Clodia Maria Godoy Turra ET. Ali. Coleção Livro-Texto. PUC-Emma. 1975.

 Planejamento em orientação educacional. Heloisa Luck. Editora Vozes. 1991.

 Escola e Democracia. Dermeval Saviani. Autores Associados 1993.

 Avaliação do Rendimento Escolar. Clarilza Prado de Souza (org) Papirus Editora.1994.

 Trabalho Escolar e Conselho de Classe. Ângela Imaculada Loureiro de Freitas Dalben. Papirus Editora.1994.

 Saber escolar, currículo e didática, problemas da unidade conteúdo/método no processo pedagógico. Nereide Saviani. Autores Associados.1998.

 Sumário de Didática Geral. Luiz Alves de Mattos. Gráfica editora aurora. 1975.

 Gestão Educacional, uma questão paradigmática. Heloisa Luck. Vozes.2008.

 Orientação Profissional, um diagnóstico emancipador.Selma Garrido Pimenta. Loyola. 1986.

 Orientação Educacional. Maria Junqueira Schmitdt e Maria de Lourdes de Souza Pereira. Agir. 1963.

 O fazer e o pensar dos supervisores e orientadores educacionais. Nilda Alves e Regina Leite Garcia. Loyola. 1986.

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

 Orientação Educacional, uma experiência em desenvolvimento. E.P.U 1984.

 http://circulofamilia.blogspot.com

 www.cronicasdeesperanca.blogspot.com

 www.mestredeoficio.blogspot.com

 www.inep.gov.br

 www.mec.gov.br

 www.educacao.mg.gov.br

 www.novaescola.org.br

 www.yolandamartinsnews.blogspot.com

 www.escolabjr.blogspot.com




























ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA
Ficha de Acompanhamento do Bimestre para o aluno

________Bimestre Início___/____ Término___/____

HORARIO DE AULAS
HORARIO SEG TER QUAR QUIN SEX
1º.
2º.
3º.
4º.
5º.

CALENDÁRIO

MÊS
MÊS
MÊS


DATAS IMPORTANTES:
TRABALHOS PROVAS






Notas
Avaliações ao longo do bimestre – trabalhos e provas
TOTAL
Port
Mat
Hist
Geo
Cie
Inglês
Ed. Física
Ens. Reli




ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA


MANUAL DE ESTUDO
ESCOLA: AVENTURA DO CONHECIMENTO!
Caro estudante, para que você possa aprender o que é ensinado nas aulas e, conseqüentemente, ser aprovado no final do ano é necessário seguir os passos listados abaixo. Observe-os, não são difíceis de fazer e você conseguirá notas azuis no boletim sem perder nenhuma média. Notará também que o trabalho na escola ficará mais fácil.

01- Use o uniforme da escola;

02- Seja assíduo às aulas (não falte de jeito nenhum), justifique sempre suas faltas;

03- Seja pontual ao chegar à escola e ao retornar à sala após o recreio, espere o professor dentro da sala no intervalo das aulas;

04- Não esqueça em casa o caderno e o livro didático e nenhum outro material necessário para a aula, para isso confira sua mochila antes de sair de casa;

05- Tenha o cuidado necessário com o seu material escolar, não o deixe “jogado” e mantenha-o sempre à vista para se evitar perdas e furtos;

06- Contribua para uma boa organização da sala de aula. Um ambiente organizado é condição importante para se aprender (na bagunça ninguém aprende nada!);

07- Ouça o professor. Preste atenção à aula acompanhando a linha de raciocínio sugerida e faça perguntas pertinentes ao tema em estudo;

08- Faça todas as anotações no caderno, mantendo-o em dia, ou seja, completo. Cole as atividades entregues pelos professores imediatamente. Coloque a data do dia da aula no canto superior direito do caderno;

09- Estude fazendo os deveres, lendo suas próprias anotações ou o livro didático. Leia, leia muito! Apenas vir à escola não basta para aprender e passar de ano. É necessário destinar um pouco mais de tempo para o estudo. Especialmente, deve-se estudar para as provas, isso é fundamental!

10- Quando o professor devolver sua prova, cole – a imediatamente no seu caderno;

11- Entregue na data marcada o trabalho escolar;

12- Providencie uma pasta para guardar os trabalhos devolvidos pelo professor, guarde-os em segurança são documentos importantes para você comprovar a realização das atividades e servem também para a retomada do conteúdo estudado;

Você é o responsável pela sua própria aprendizagem, será aprovado pelos pontos que conquistar com esforço, determinação e disciplina. As dicas apresentadas são os procedimentos adequados para alcançar esse objetivo.









ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

CARTILHA DE ESTUDO: AVENTURA DE APRENDER

Quando o estudo é planejado com um horário fixo, no qual são executadas atividades concretas, sua aprendizagem é facilitada e o desejo de aprender é maior.
Aprender é uma AVENTURA...embarque nela e se surpreenda consigo mesmo e com as descobertas que você fará do mundo.
Para que sua aprendizagem seja produtiva, sugerimos um “Caderno de Estudo” no qual você terá a oportunidade de:

1- registrar suas atividades de estudo em cada conteúdo;
2- refazer exercícios e provas;
3- fazer exercícios extras;
4- identificar dificuldade e esclarecer dúvidas;
5- mostrar independência, se auto-dirigir, assumindo de forma responsável sua vida escolar;

ORIENTAÇÕES PARA SEU ESTUDO DIÁRIO
Aprender é como comer...Para comer, temos de ter apetite.Para despertar o “apetite” do “aprender”, temos que ter “curiosidade”.O cheiro, o tempero e o clima da refeição são estímulos para a fome... Coloque o cheiro, o tempero e o clima certo para o seu ESTUDO.

a- estude com a intenção de “APRENDER” e não somente com a de cumprir uma obrigação;
b- esclareça suas dúvidas e enfrente as dificuldades, consultado o livro e as anotações do caderno, observando exemplos e exercícios já feitos sobre o assunto;
c- localize sua dúvida, perguntando-se: “o que devo saber para fazer este exercício?” Pode ser que a dificuldade esteja no conteúdo anterior.]
d- lembre-se também de que você pode, posteriormente, buscar ajuda junto ao professor ou um colega;
e- ao refazer exercícios e provinhas, fique atento aos erros, não se limite a apaga-los. Aproveite este tempo, para rever os assuntos e fazer novos exercícios sobre os mesmos;
f- ao final de cada estudo, avalie, perguntando-se:
 o meu estudo foi proveitoso?
 O que aprendi?
 O tempo de estudo foi adequado às minhas necessidades?

NA SUA VIDA ESCOLAR VOCÊ É O “PROTAGONISTA” PRINCIPAL E NÃO UM MERO FIGURANTE.
ENTÃO...ENTRE EM CENA:

CENA 1
ESTUDANDO MATEMÁTICA

FAZENDO EXERCÍCIOS E APRENDENDO

1- refaça os exercícios de sala de aula, do dever e faça exercícios extras tirados de outros livros,sem pressa, procurando aprender com eles. Somente através dos exercícios você conseguirá a fixação da aprendizagem;
2- leia e interprete o enunciado, procurando a compreensão do mesmo. Grife os dados importantes para identificar o que o exercício está pedindo;
3- Reflita e identifique:
 O que eu preciso saber para resolver o exercício?
 Estou dominando os conhecimentos e regras necessárias?
 Que cálculos devo fazer para resolve-los?

4- Faça os cálculos de maneira organizada, não os apague;
5- Confira os cálculos, os sinais e o raciocínio empregado.
6- Avalie a resposta do exercício, verificando se ela atende, adequadamente, ao que foi pedido.









ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

ENFRENTANDO AS DÚVIDAS E APRENDENDO COM OS ERROS

1- faça a leitura do assunto no livro e anote, grife as regras, as fórmulas, os conceitos e os passos para a resolução do exercício;
2- Procure um exercício semelhante àquele em que você está apresentando dificuldade e levante o “passo a passo” para a sua solução;
3- Analise seus erros, perguntando-se: O que aprendi com o meu erro? E faça outros exercícios semelhantes.


CENA II
ESTUDANDO PORTUGUÊS E...APRENDENDO
Exercite os aspectos gramaticais.
 Tenha sempre a mão a gramática;
 Faça os exercícios, identificando o aspecto gramatical aprendido e sua aplicação;
 Consulte a gramática, as anotações e exemplos para esclarecer as dúvidas;
 faça exercícios extras, quando encontrar dificuldades;
 formule exemplos e avalie, através das normas e definições da gramática, se a elaboração está correta.

LEIA...INTERPRETE E REDIJA.
1- Pesquise em livros, revistas e jornais textos de seu interesse e elabore questões. Escreva as respostas, usando frases completas e claras;
2- Produza um parágrafo, estabelecendo a relação entre o título e o texto;
3- Escolha um tema discutido nas aulas de Língua Portuguesa e Redação e elabore um texto. Faça a leitura do mesmo, verificando os aspectos ortográficos e gramaticais;
4- Esteja atento ao gênero textual. Faça um quadro, resumindo as características inerentes a ele.


Cena iii


ESTUDANDO GEOGRAFIA, HISTÓRIA E CIÊNCIAS COM UM OLHAR INVESTIGATIVO E CRÍTICO

1- Inicie seu estudo, fazendo uma pré-leitura.
 Leia os títulos, olhe as gravuras, desenhos, gráficos, tabelas, mapas etc...

2- Identifique a visão global do assunto:
 Leia o texto, feche o livro e escreva todas as palavras-chave que consegui lembrar, acrescentando informações importantes;
 Volte ao texto e compare o que você escreveu com o conteúdo do mesmo.

3- Adote uma atitude de interpretação:
 Leia cada parágrafo, feche o livro e tente responder à pergunta: O QUE FOI QUE EU LI?
 Identifique o assunto e coloque o título;
 Faça uma releitura, grifando as idéias relativas ao título.

4- Registre e faça a fixação das informações:
 Observe as imagens do texto e fale as informações relacionadas a ela;
 Elabore resumos, quadros e esquemas ou consulte os já elaborados em sala e também os que constam do livro, ao final de cada unidade.
5- Avalie sua aprendizagem:
 Formule perguntas relativas ao que foi estudado e as responda, sem consultar o texto.












ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA


SPEAK/READ

VAMOS ESTUDAR O “INGLISH”

1- Aprendendo com o texto
 Faça uma leitura cuidadosa;
 Avalie as imagens e informações não verbais (gravuras) relativas ao texto;
 Sublinhe as palavras desconhecidas;
 Copie as palavras no caderno;
 Procure entender o significado dela através do contexto (as gravuras e a frase onde se encontram);
 Caso não consiga a compreensão do significado dessas palavras, consulte o dicionário;
 Verifique o melhor significado de acordo com o sentido do texto;
 Responda às perguntas relativas ao texto;
 Elabore as frases completas, consultando o texto;
 Identifique nele alguma estrutura ou vocabulário que foi utilizada na pergunta.
2- Dominando o vocabulário
 Consulte as palavras listadas em sala e que constam do livro texto,
 Grife no texto as palavras estudadas;
 Faça frases utilizando o vocabulário estudado;
 Elabore uma lista com as palavras que você tenha mais dificuldade de memorizar e coloque em lugar onde possa ser consultada (portas de armários, espelho, etc);
 Estude o vocabulário, na medida que é trabalhado em sala de aula. Separe as palavras novas por classe gramatical (substantivo, adjetivo, verbo, pronome, etc)
4- Compreendendo o uso dos aspectos gramaticais
 Refaça os exercícios dados em sala, o dever e aqueles sem que teve dificuldade;
 Leia, atentamente, o enunciado dos exercícios, procurando compreender o que é pedido;
 Identifique o que cada exercício ensina e escreva o que aprendeu com ele;
 Nas dificuldades, procure um exemplo dado no livro e consulte as anotações feitas no caderno.


APRENDER É O ESPAÇO DA DESCOBERTA.
VOLTAR O OLHAR PARA A VIDA, PARA O MUNDO, PARA O NOVO...
CONHECER O AMBIENTE NATURAL, SOCIAL E POLÍTICO, AS ARTES E OS VALORES.
SER UM CIDADÃO CONSCIENTE.

ACEITE ESSE CONVITE...

AUTO AVALIAÇÃO

I-ORGANIZAÇÃO E RESPONSABILIDADE
 Seus cadernos estão em ordem e completos?
 Você faz as tarefas solicitadas?
 Entrega os trabalhos dentro do prazo?
 Você tem um tempo reservado para seu estudo diário?
 Consulta os horários de aula e anota as datas importantes para entregar os trabalhos e de provas?

II- PARTICIPAÇÃO
 Você fica atento às explicações do professor?
 Esclarece as suas dúvidas?
 Você faz perguntas pertinentes à aula?
 Expressa seu conhecimento a cerca do tema abordado, dialogando com o professor?
 Você tem se envolvido e se esforçado para compreender a matéria estudada?
 Faz anotações, exercícios e correções dos mesmos?

III- QUALIDADE DO ESTUDO
 Procura aprender com as atividades?
 Busca recursos para superar suas dificuldades?
 Você registra as atividades de estudo? (Questionários, resumos, esquema, atividades extra e de revisão)


É bom ouvir e considerar as observações de seus pais.
Peça a eles, ao final do mês de junho, uma apreciação sobre sua caminhada escolar.

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

FICHA DE AUTO-AVALIAÇÃO ATITUDINAL E PROCEDIMENTAL
Aluno (a) __________________________________________________Turma:
ASPECTOS AVALIADOS RESPOSTAS
1. CONVIVÊNCIA SOCIAL SIM NÃO
a) Estou sempre uniformizado (a)?
b) Sei ouvir o professor e não o interrompo quando este está falando?
c) Sei a hora certa de fazer perguntas e a hora certa de me manter em silêncio?
d) Participo e interesso-me das atividades planejadas para a aula?
e) Respeito o meu colega que está trabalhando sem o perturbar?
f) Uso o horário do recreio para brincadeiras saudáveis?
g) Contribuo para uma boa organização da sala de aula, tendo zelo com o material individual e coletivo?
2. PONTUALIDADE E CAPRICHO SIM NÃO
a) Sou assíduo às aulas e justifico as faltas que tenho?
b) Quando retorno às aulas após a falta, procuro colocar a matéria que perdi em dia e converso com o professor para receber dele as atividades impressas?
c) Mantenho meu caderno em dia, ou seja, completo?
d) Procuro escrever de forma legível?
e) Chego à escola às 7 horas em ponto, sem atraso e encaminho-me imediatamente à sala de aula?
f) Encaminho-me imediatamente à minha sala após o recreio?
g) Espero o próximo professor, dentro da sala, nos intervalos das aulas?
h) Entrego os trabalhos, de forma correta, na data marcada?
3. RESPONSABILIDADE: SIM NÃO
a) Faço todas as atividades propostas pelo professor na sala de aula?
b) Estou sempre com o material necessário a cada aula?
c) Faço os Deveres de Casa?
d) Estudo para as provas com antecedência?
e) Cuido do meu material escolar, mantendo-o sempre à vista para se evitar perdas e furtos?
4. PRÁTICA DE LEITURA: (estudo em casa) SIM NÃO
a) Tenho hábito de ler? Gosto da Leitura?
b) Tenho horário de estudo em casa?
5. PRÁTICA DE ESCRITA: SIM NÃO
a) Os textos que produzo são claros e ricos em idéias?
b) O meu vocabulário é rico e bem articulado?
c) Tenho atenção para escrever as palavras corretamente?
d) Procuro reler os textos que escrevo?
e) Ao reler os textos procuro corrigir o que notei que pode melhorar?
6. ORGANIZAÇÃO: SIM NÃO
a) Não esqueço nenhum material necessário para aula?
b) Colo em meu caderno as atividades e provas entregues?
c) Guardo, em casa, os trabalhos devolvidos, em uma pasta adequada?
7- TEXTO (Reflexão individual): Analise suas respostas de forma sincera e verdadeira e redija um texto explicando para si mesmo que espécie de aluno você é, o que suas respostas indicam? Você é um aluno exemplar ou você precisa melhorar suas atitudes e comportamento? Fale sobre si mesmo, não é para dizer o que as pessoas esperam ouvir, é para dizer a verdade! Suas notas no boletim refletem as suas respostas e comprovam o que fala de si mesmo e como tem agido na escola, é o resultado. (mínimo: 15 linhas).





ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

COMUNICADO AOS PROFESSORES
1. Gentileza comunicar à Orientação Educacional 05 (cinco) faltas consecutivas e 10 (dez) faltas alternadas do (a) aluno(a) assim que identificar essas ocorrências.

2. Uso do Caderno de Ocorrências:

O caderno de ocorrência contém o nome de cada aluno em uma folha específica, onde se fará o relato da ocorrência em sala de aula tais como:

( ) Desrespeitou o(a) professor(a) , relate o ocorrido

( ) Desrespeitou o(a) colega: relate como...

( ) Não trouxe o material necessário para a aula, qual?

( ) Atrasa-se constantemente para entrar em sala de aula;

( ) Não realizou a atividade em sala de aula da(s) seguinte(s) matéria(s):

( ) Não realizou o(s) dever(es) de casa da(s) seguinte(s) matérias:

( ) Apresenta atitudes e comportamentos que interferem no desenvolvimento normal das aulas, atrapalhando colegas e professor(a) ( levanta-se do lugar constantemente, conversa assuntos alheios ao assunto da aula, produz barulho batendo nas carteiras ou assoviando, joga bolinhas de papel no interior da sala...)
( ) Outras ocorrências...

Caro (a) professor(a) a questão da indisciplina em sala de aula sempre é um ponto delicado; há dificuldades, a escola não recebe o apoio que gostaria de receber da família, mas há algumas atitudes que a escola pode usar que favorecem a disciplina em sala, alguns exemplos:
 Definição de limites: estabelecer limites desde a primeira aula, com extrema clareza e espírito aberto às sugestões. Os limites das atitudes que forem aceitas pelo grupo de alunos devem ser observados. Definir “seus” limites mas estabelecer um procedimento de participação cooperativa;
 Cobrança firme e serena;
 Sua mesa, seu templo: evitar que os alunos se aglomerem em torno de sua mesa;
 Delimitar a estrutura da sala, não permita que os alunos fiquem soltos pela sala, dispor as carteiras e os alunos de forma que favoreça a aula;
 Usar a terapia do diálogo pessoal: ao identificar casos particulares de condutas estranhas chame o aluno para um “bate papo” indagando sempre o motivo de posturas resistentes. É importante passar a imagem de que a indisciplina é uma particularidade que exige compreensão e debate.
 O Caderno de Ocorrências funciona melhor quando não é usado. Explico: Antes de colocar o nome do aluno deve-se negociar, tornar o aluno seu devedor, se se enche o nome do aluno no caderno, perde o seu valor, como instrumento de coerção ele é frágil;
O Caderno ficará na sala dos professores, o professor leva para a sala e passa para o seu colega durante os intervalos, no final da aula, devolve à sala dos professores. Estou disponível para quaisquer esclarecimentos. Breno José de Araújo


RECEBI O COMUNICADO ACIMA E ASSINO DANDO O MEU CIENTE DAS INFORMAÇÕES:



ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA


FICHA DE ACOMPANHAMENTO ATITUDINAL E COMPORTAMENTAL: turma_______

ALUNO(A)_______________________________________________DATA:___________

Senhor(a) responsável do (a) aluno (a) citado acima, como parte integrante de nossa parceria na função de educar,
cumpre-nos informa-lo das atitudes e comportamento que ele(ela) vem apresentando em sala de aula:

( ) Desrespeitou o(a) professor(a) :___________________________________;

( ) Desrespeitou o(a) colega:________________________________________;

( ) Não trouxe o material necessário para a aula:_________________________;

( ) Atrasa-se constantemente para entrar em sala de aula;

( ) Não realizou a atividade em sala de aula da(s) seguinte(s) matéria(s):

______________________________________________________________________

( ) Não realizou o(s) dever(es) de casa da(s) seguinte(s) matérias:


( ) Apresenta atitudes e comportamento que interferem no desenvolvimento normal da aula, atrapalhando colegas e professor(a) ( levanta-se do lugar constantemente; conversa assuntos alheios à aula; produz barulho batendo na carteira com algum objeto ou batucando, cantando, gritando ou assoviando; joga bolinhas de papel ou pedaços de borracha nos colegas e no (a) professor (a) ; não presta atenção à aula; não ouve o (a) professor (a); incomoda os colegas com brincadeiras fora de hora; pega objeto do colega sem permissão; ... )

( ) Outros:______________________________________________________

O objetivo de relatar à família essas atitudes e comportamento é garantir o aprendizado do (a) aluno (a), porque sem a devida atenção à aula e a realização da atividade não há assimilação do conteúdo ministrado.
Acompanhe em casa, regularmente, o caderno de seu (sua) filho (a), verifique se está fazendo as atividades em sala e os deveres de casa.
Colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos



ESPAÇO RESERVADO PARA AS OBSERVAÇÕES DO RESPONSÁVEL:
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

X_______________________________________________________________________
Assinatura do responsável dando ciência das atitudes e comportamento do (a) aluno (a).

***********************************************************************************************************
Assinatura do aluno ao receber a Ficha Atitudinal e Comportamental em ____/____/____

X_____________________________________¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬_________________________turma:_______
ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA


Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas (www.escolabjr.blogspot.com)
COMUNICADO AO RESPONSÁVEL : ATRASO À ESCOLA

ALUNO (A)___________________________________turma___

Chegou atrasado (a) à escola hoje. Caracterizando o atraso quando o (a) mesmo (a) chega após as 7 horas e 10 minutos. Lembrando que dez minutos são apenas para imprevisto, constituindo raríssima exceção. O correto é a presença do (a) aluno (a) na escola às 7 horas pontualmente. A primeira aula começa às 7 horas e termina às 7 horas e 50 minutos. Portanto, ao se somar 05 atrasos de dez minutos, o (a) aluno (a) perde uma aula inteira de 50 minutos.
Favor entrar em contato conosco pelo telefone 3533-6368 para justificar os atrasos de seu (sua) filho (a), ou compareça à escola para averiguar a situação, também pedimos que devolva assinado esse comunicado para comprovar sua ciência dos atrasos do (a) aluno (a).
Não deixe seu (sua) filho (a) se atrasar e muito menos faltar às aulas, nem um dia sequer, justifique com atestado médico ou compareça à escola para nos informar dos motivos que impediram a presença do (a) aluno (a) às aulas.
É muito importante que a família acompanhe em casa, regularmente, o caderno do (a) aluno (a) e verifique se ele (ela) está fazendo as atividades em sala e os deveres de casa.
Nosso objetivo é atender ao aluno (a) da melhor maneira possível, buscando o seu crescimento pessoal em todos os níveis. Mas, só juntos, família e escola, o objetivo será alcançado. Gratos pela atenção dispensada.
Estamos disponíveis para quaisquer esclarecimentos.

Ibirité, ________de________ de 201____.

FAVOR DEVOLVER ASSINADO
ASSINATURA DO RESPONSÁVEL:


______________________________________________________
ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA


Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas (www.escolabjr.blogspot.com)
COMUNICADO AOS PAIS E/OU RESPONSÁVEL - Assunto: Infrequência escolar

ALUNO (a)___________________________________________________turma____

De acordo com os nossos registros, até o presente momento, na disciplina de

_________________, professor (a)___________________________que tem _______

aulas por semana, foram contabilizadas um total de ____ faltas __________________.

Sabemos que se o aluno não comparecer às aulas não assimilará o conteúdo ministrado naquele momento e ficará defasado em relação aos alunos que estão presentes.
O processo de aquisição de conhecimento é contínuo e cumulativo, um dia que se perde prejudica o aluno.
Gostaríamos de informar que há algumas perguntas que precisam ser respondidas pela família: O (a) aluno (a) copiou a matéria perdida? Comunicou ao (a) professor (a) o motivo de suas faltas e recebeu dele (a) as atividades perdidas no período? O (a) aluno (a) estudou em casa a matéria e pôs o caderno em dia? O (a) aluno (a) parou de faltar às aulas? É assíduo (a)?
Para garantir que o processo de aquisição de conhecimento da criança ou do adolescente não seja rompido, a família precisa estar atenta aos seguintes procedimentos:
 Não deixar que se atrase, garantindo que esteja na escola às sete horas em ponto para a primeira aula;
 Não deixar que falte, nem um dia sequer e justificar com atestado médico ou presença na escola o motivo da falta, quando houver;
 Acompanhar em casa regularmente os cadernos, verificando se está fazendo as atividades em sala e os deveres de casa;
 Qualquer dúvida que tiver, entrar em contato imediatamente com a orientação educacional pelo telefone 3533-6368.
Estamos disponíveis para quaisquer esclarecimentos.

Ibirité, _____ de __________ de 201____.


FAVOR DEVOLVER ASSINADO
ASSINATURA DO RESPONSÁVEL DANDO CIÊNCIA DA INFREQUENCIA:
X______________________________________________________________


Recibo de Comunicado de Infrequência alternada com justificativa

O Aluno ________________________________________________________turma___


Recebeu nessa data _____/_______/201___, o comunicado de infrequência escolar.


ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
www.escolabjr.blogspot.com

CONVOCAÇÃO NO. 01

SENHOR OU SENHORA RESPONSÁVEL DO (A) ALUNO (A):

__________________________________________________TURMA_______

Cumprindo a Lei 9.394/96(Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional que diz em seu artigo 12: As escolas têm a incumbência de articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola e deve informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução de sua proposta pedagógica.
Informando ainda que o Estatuto da Criança e do Adolescente em seu artigo 129, inciso V diz que os pais ou responsáveis devem matricular o filho ou pupilo e acompanhar sua freqüência e aproveitamento escolar.

Dessa forma solicitamos sua presença na escola no dia _____/____/___

No horário de _____________. Para tratarmos de assunto referente ao aluno (a) citado(a) acima. O telefone de contato da escola é 3533- 6368. Entre em contato conosco. Somos parceiros na tarefa de educar.

Nosso objetivo é atender ao aluno (a) da melhor maneira possível, buscamos o seu crescimento pessoal em todos os níveis. Mas, só juntos, família e escola, o objetivo será alcançado. Gratos pela atenção dispensada.
Atenciosamente,






X______________________________________________________________
ASSINATURA DO RESPONSÁVEL DANDO CIÊNCIA DA CONVOCAÇÃO

*******************************************************************************************
Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas
Recibo de convocação

____________________________________________________________da

TURMA______ Recebeu uma convocação para comparecimento do seu

responsável legal no dia _______/________/________ às ___________,

Ficando ciente que deve entregá-la e comparecer à escola junto dele (a) no

Dia _______/______/________ Horário: ____________.





ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
www.escolabjr.blogspot.com

CONVOCAÇÃO no. 02
SENHOR OU SENHORA RESPONSÁVEL PELO (A) ALUNO (A)

__________________________________________________TURMA_______

Cumprindo a Lei 9.394/96(Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional que diz em seu artigo 12: As escolas têm a incumbência de articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola e deve informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução de sua proposta pedagógica.
Informando ainda que o Estatuto da Criança e do Adolescente em seu artigo 129, inciso V diz que os pais ou responsáveis devem matricular o filho ou pupilo e acompanhar sua freqüência e aproveitamento escolar.

Dessa forma foi solicitada sua presença na escola no dia __/ ____/___

No horário de _____________. Através da CONVOCAÇÃO NO. 01 entregue

Ao (a) aluno(a) no dia ______/______/_____ às__ ___________. Contudo,

não recebemos nenhuma resposta e nem sabemos se o (a) aluno (a) comunicou em casa nossa solicitação. Mais uma vez, oferecemos uma oportunidade da família entrar em contato conosco. Compareça à escola

dia______/______/______ às _______horas e _____minutos junto com seu

(sua) filho(a) ou pupilo(a), para averiguar a situação.

Ele (ela) deverá entrar na escola acompanhado (a) do seu responsável legal.

Nosso objetivo é atender ao aluno (a) da melhor maneira possível, buscamos o seu crescimento pessoal em todos os níveis. Mas, só juntos, família e escola, o objetivo será alcançado. Gratos pela atenção dispensada.
Atenciosamente,


**************************************************************************************
Recibo de convocação

____________________________________________________turma______
Recebeu uma segunda convocação para comparecimento do seu responsável

______/_______/_____ às _________ . Ficando ciente que deve entregá-la e

comparecer à escola no dia ____/_____/______ às ________.









ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA




ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
www.escolabjr.blogspot.com


CONVOCAÇÃO no. 03

SENHOR OU SENHORA RESPONSÁVEL PELO (A) ALUNO (A)

_____________________________________________________TURMA_______

Informamos que a escola deve cumprir a Lei 9.394/96(Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional que diz em seu artigo 12: As escolas têm a incumbência de articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola e deve informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução de sua proposta pedagógica.
Informando ainda que o Estatuto da Criança e do Adolescente em seu artigo 129, inciso V diz que os pais ou responsáveis devem matricular o filho ou pupilo e acompanhar sua freqüência e aproveitamento escolar.

Por esse motivo foi solicitada sua presença na escola no dia _____/____/___
No horário de _____________. Para tratarmos de assunto referente ao aluno (a) citado (a) acima.

Não recebemos nenhuma resposta e nem sabemos se o aluno comunicou em sua casa nossa solicitação.

Temos buscado entrar em contato com a família do (a) referido (a) à algum tempo através de comunicação por escrito entregue ao (a) aluno (a), contato telefônico, recado de terceiros. Compareça à escola dia _____/____/_____ as __________h. Sua presença é imprescindível.

Cumprindo também com O Estatuto da Criança e do Adolescente comunicaremos ao Conselho Tutelar a ausência dos responsáveis perante convocação da escola. De acordo com o artigo 56 da Lei 8.069/96.

Nosso objetivo é atender ao aluno (a) da melhor maneira possível, buscamos o seu crescimento pessoal em todos os níveis. Mas, só juntos, família e escola, o objetivo será alcançado. Gratos pela atenção dispensada.

Atenciosamente,

Orientação Educacional

Assinatura do pai ou responsável: ___________________________________
...............................................................................................................................
Recibo de convocação número 03

Recebeu mais de uma convocação para comparecimento do seu responsável nos dias ___/____/_____ , _____/______/______, e ____/______/¬¬¬______ .Em todos os momentos foi devidamente informado que a presença do responsável era imprescindível para a sua permanência na escola.

Assinatura do aluno (a):_________________________________________
ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

ESCOLA MUNICIPAL DO B AIRRO JARDIM DAS ROSAS
www.escolabjr.blogspot.com
RUA BUGARIM, 380 JARDIM DAS ROSAS 3533-6368
32400-000 IBIRITÉ – MINAS GERAIS


TERMO DE COMPROMISSO ESCOLAR


Eu____________________________________________________________________

__________________aluno (a) da turma __________ turno:_____________________

Assumo o compromisso nessa presente data de cumprir com as regras definidas no Regimento Interno da Escola, apresentando respeito para com professores, colegas e demais funcionários da escola. Em relação aos estudos, apresentarei sempre que me pedirem meus cadernos organizados e com a matéria e exercícios feitos e completos; tendo o compromisso de mantê-los em dia, ou seja, completos. Realizarei com interesse e boa vontade as tarefas que forem solicitadas pelos professores; entregarei os trabalhos no tempo delimitado. Estou ciente que para o meu aproveitamento em aprendizagem eu preciso ficar atento às explicações dos professores, esclarecer minha dúvida referente à matéria estudada, acompanhar a linha de raciocínio do professor quando este estiver falando e ajudarei a minha turma com observações pertinentes à aula, ou seja devo estar envolvido e me esforçar para compreender o conteúdo e não somente estar presente em sala de aula sem fazer nada. Para não deixar dúvidas do comportamento que a escola espera de mim, comprometo-me a obedecer as orientações contidas no texto em anexo (Manual de Estudo, Escola: aventura do conhecimento!). Minha família me ajudará a cumprir esse TERMO DE COMPROMISSO ESCOLAR que agora assino.

Ibirité, _____de __________________ de __________ .


Assinatura do aluno (a):___________________________________________________

Assinatura do responsável pelo aluno(a):______________________________________

Assinatura do Orientador Educacional:_______________________________________

Assinatura da Direção da Escola:____________________________________________


ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PROPOSTA DE METODOLOGIA DE ENSINO

DISTRIBUIÇÃO DE PONTOS NO BIMESTRE
Prova mensal.................6,0
Prova bimesral...............10,0
Trabalho individual........8,0
Caderno..........................3,0
Participação....................3,0
Total..............................30,0

Exemplo: Disciplina de Língua Portuguesa, assuntos abordados em todo o bimestre:
Substantivo, adjetivo, numeral e interpretação de texto.

1- Formulação pelo professor de um ESTUDO ORIENTADO contendo o CONCEITO DA MATÉRIA, EXEMPLOS, EXERCÍCIOS;
 Aula expositiva do texto;
 Realização e correção dos exercícios;
 Colagem no caderno do aluno;

2- Exercícios extras do livro didático e/ou complementares a cargo do professor realizados no caderno do aluno;

3- Exercícios de Para-Casa contínuos;
4- Prova Mensal diagnóstica para observar a aprendizagem e preparar a prova bimestral;
 Avisada com antecedência;
 Revisão para a prova mensal;
 Corrigida pelo professor;
 Corrigida em aula;
 Devolução ao aluno para colagem no caderno.

5- Trabalho individual de acordo com a matéria prevista para o bimestre;
 Explicações explicitadas pelo professor: data de entrega, maneira certa de fazer, explicações e acompanhamento da realização;
 Recebimento, correção pelo professor, correção em sala de aula, devolução para se guardar em uma pasta apropriada em casa;

6- Prova bimestral
 Avisada com antecedência;
 Revisão mimeografada;
 Questões retiradas do texto elaborado pelo professor (Estudo orientado) e da revisão da prova;
 Correção pelo professor;
 Correção em sala de aula;
 Prova passada a limpo no caderno;
 Colagem da prova no caderno;

7- Recuperação:
 Estudo orientado do professor com realizações dos exercícios;
 Revisões das provas;
 Prova mensal e bimestral;

8- As notas do Trabalho Individual, de Participação e Caderno precisam ser flexíveis;


Ibirité, 10 de julho de 2010.
Marcilene Pereira Costa dos Reis, Breno José de Araújo.


ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
PLANO DE AÇÃO DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
RELAÇÃO DE ALUNOS INFREQUENTES

Quando os mesmos completarem no momento do lançamento das faltas 05 consecutivas ou dez alternadas. Não é por dia de falta, mas sim por falta registrada em sua aula.


PROFESSOR (A)________________________________________________________________DATA__________

ALUNO (A) TURMA 05 (cinco) faltas
CONSECUTIVAS
10 (dez) faltas
ALTERNADAS










ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS
RELAÇÃO DE ALUNOS INFREQUENTES

Quando os mesmos completarem no momento do lançamento das faltas 05 consecutivas ou dez alternadas. Não é por dia de falta, mas sim por falta registrada em sua aula.

PROFESSOR (A)________________________________________________________________DATA__________

ALUNO TURMA 05 (cinco) faltas
CONSECUTIVAS
10 (dez) faltas
ALTERNADAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TELEFONE DE CONTATO

(31)3533-6368

Custa Estudar?

Relação entre família e escola

Objetivo do blog

Divulgar para a comunidade escolar como funciona a escola.

Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas

Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas

Escola e Democracia

Dermeval Saviani em sua obra: Escola e Democracia – polêmicas do nosso tempo diz:

Uma pedagogia articulada com os interesses populares valorizará, pois, a escola; não será indiferente ao que ocorre em seu interior, estará empenhada em que a escola funcione bem; portanto, estará interessada em métodos de ensino eficazes. Tais métodos se situarão para além dos métodos tradicionais e novos, superando por incorporação as contribuições de uns e de outros. Portanto, serão métodos que estimularão a atividade e iniciativa dos alunos sem abrir mão, porém, da iniciativa do professor; favorecerão o diálogo dos alunos entre si e com o professor mas sem deixar de valorizar o diálogo com a cultura acumulada historicamente; levarão em conta os interesses dos alunos, os ritmos de aprendizagem e o desenvolvimento psicológico mas sem perder de vista a sistematização lógica dos conhecimentos, sua ordenação e gradação para efeitos do processo de transmissão-assimilação dos conteúdos cognitivos.